terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

SACRIFÍCIOS DE COMUNHÃO

Nesse tipo de sacrifícios, chamados também pacíficos, a carne da vítima era dividida em três partes: A primeira era queimada sobre o altar e era a parte que cabia a Deus; a outra ficava para os sacerdotes e a última, a maior, era devolvida às pessoas que ofertavam a vítima para o sacrifício. Essa parte da carne era consumida num banquete sagrado, em que as pessoas consideravam Deus presente como comensal. Assim Deus e os homens participavam misticamente, mediante a fé, da mesma mesa (cf. Levítico 3,1-17 Levítico 7,12-21 1Samuel 20,8). Sob este aspecto, os sacrifícios de comunhão eram prefiguração do banquete eucarístico, no qual, num sentido mais verdadeiro, o cristão é admitido à mesa do Senhor. Ver "Holocaustos", "Oblação", "Expiação" (cf. Levítico Levítico 1-7).

Nenhum comentário:
Write comentários

Postagens mais visitadas


contador de visitas

Postagens mais Recentes

Music BlogsPageRank
eXTReMe Tracker


Postagens mais Recentes