quarta-feira, 31 de julho de 2013

A ARCA DE NOÉ



"Faze para ti uma arca de madeira de gôfer: farás compartimentos na arca, e a revestirás de betume por dentro e por fora.
Desta maneira a farás: o comprimento da arca será de trezentos côvados [
133 ou 155 metros], a sua largura de cinqüenta [22 ou 26 metros] e a sua altura de trinta [13 ou 15 metros].
Farás na arca uma janela e lhe darás um côvado [
cerca de 50 centímetros] de altura; e a porta da arca porás no seu lado; fá-la-ás com andares, baixo, segundo e terceiro." Gênesis 6.14-16
A variação dos tamanhos se deve ao fato de não se saber se a medida era em côvado mesopotâmico ou egípcio (da época de Moisés). De qualquer modo, 1 côvado corresponde a distância entre o cotovelo e a ponta do dedo médio.
"No sétimo mês, no dia dezessete do mês, repousou a arca sobre os montes de Ararate.
E as águas foram minguando até o décimo mês; no décimo mês, no primeiro dia do mês, apareceram os cumes dos montes." 
Gênesis 8.4-5
O relato bíblico original descreve que a arca repousou sobre as "montanhas de RRT", que em hebraico é o antigo reino de Urartu (leste da atual Turquia e norte do Irã), região da antiga Armênia, mais tarde traduzido para Ararate como é conhecido até hoje. Como este nome foi herdado do antigo reino, não se pode afirmar com certeza que "montanhas de RRT" sejam a cadeia formada pelos dois montes que formam o Ararate, pois a região é recheada de montanhas altas. Aliás, o nome Ararate foi atribuído no ano de 1105.


Muitos têm ido ao famoso monte mas nada encontram além de uma grande rocha coberta pela neve que acreditam ser a arca fossilizada. Arqueólogos e aventureiros fazem excursões ao Ararate nos meses de Agosto e Setembro (época de verão na Turquia), quando a neve derrete, na esperança de colherem dados sobre o objeto com fotos e filmagens.
Foto de satélite dos dois picos do Ararate. A rocha em forma de arca
se encontra no pico coberto pela neve (mancha branca)


A rocha em forma de arca se encontra no pico da esquerda.



Várias histórias já foram narradas sobre a descoberta da arca. Todo ano alguma expedição sobe o Ararate em busca de evidências.
Uma outra história surgiu a partir de uma foto aérea em 1959, onde mostra uma formação rochosa em formato de navio, levando o governo da Turquia a aceitá-la como a verdadeira Arca estabelecendo em 20/6/1987 o Parque Nacional da Arca de Noé. Ronald Wyatt participou da descoberta fazendo pesquisas no local, onde foi revelado haver formações simétricas no interior, porém que jamais poderá ser explorado. A grande descoberta foram as âncoras de pedras espalhadas ao sul do Ararate.
Documentário sobre a descoberta de Wyatt: clique.
Recentemente o canal National Geographic fez um documentário sobre o assunto:
Muitas expedições subiram a montanha turca. Foram achados vários fragmentos de madeira milenar entre outros objetos que não evidenciam que a Arca ainda esteja lá.
A mais recente descoberta e a mais evidente foi realizada por uma equipe constituída por pesquisadores e arqueologistas turcos e chineses de Hong Kong.
Uma estrutura de madeira foi encontrada no cume gelado do Ararate a pouco mais de 4 km de altura, 500 metros mais alto do que expedições costumavam chegar. O local ainda está sendo mantido em segredo para que não seja violado por escaladores curiosos.

Cume do Ararate. Impossível sobreviver por muito tempo no local


Foto de satélite de 2006



Um dos videos da expedição
Um dos videos da expedição
A estrutura tem vários compartimentos, alguns com vigas de madeira, conforme revelou a equipe. As paredes de madeira de um compartimento são suavemente encurvadas, enquanto o vídeo acima mostrado pelos exploradores revela portas, escadas e cravos.
Os 7 compartimentos descobertos em relação ao tamanho da estrutura


Arqueólogo chinês analisa a estrutura 


Pequena mesa em um dos compartimentos


Fotos do jornal Discovery Times sobre a descoberta de Wyatt.






Nenhum comentário:
Write comentários

Postagens mais visitadas


contador de visitas

Postagens mais Recentes

Music BlogsPageRank
eXTReMe Tracker


Postagens mais Recentes